Perigos dos fones de ouvido


Conforme nossa rotina vai se atrelando cada vez mais com a evolução da tecnologia, e esta, por sua vez, se torna cada vez mais presente no dia a dia das pessoas, uma das coisas que mais se tornou comum foi o uso de fones de ouvido.


Ainda por cima, a pandemia trouxe à tona esse costume, pois muitas pessoas adotaram o home office como modo de trabalho, além de estarem participando constantemente de reuniões, aulas e afins.



A questão é saber até que ponto essa prática é saudável, visto que muitas pessoas exageram na dose quando o assunto é tempo de uso dos fones e, principalmente, seu volume.


Som afetando a audição


O som é uma dos principais componentes da nossa comunicação, além de ser um dos nossos melhores orientadores. Porém, apesar de sua notável potência, o sistema auditivo é extremamente sensível.


O ouvido contém diversas células e com diversas funções. Uma muito importante é chamada de célula ciliada, que são as encarregadas de transmitir os sons dos ouvidos até o cérebro, para serem processados.


O som em volume excessivo pode causar danos permanentes a essas células, anulando a função de transmissão do som ao cérebro. Além disso, pode interferir no funcionamento entre células ciliadas e células nervosas.


Perceba neste exemplo: os fones de ouvido possuem uma predefinição para que o volume máximo chegue a 110 decibéis. Um cortador de grama possui cerca de 85 decibéis.


Para o contato direto com o ouvido, qualquer valor acima de 80 decibéis podem causas danos severos a estrutura auditiva, principalmente se usado constantemente ou por horas seguidas sem pausa.


Dicas para o uso


O primeiro passo é estar ciente que o nosso sistema auditivo é sensível, e que os mecanismos do nosso ouvido pode ser danificados seriamente quando expostos a volumes muito altos e por muito tempo.


Algumas dicas para evitar problemas são:


• Fique sempre atento ao volume; • Dê um “respiro” aos seus ouvidos e retire os fones por um tempo; • Use protetores ou tampões de ouvido caso esteja em locais ou eventos com som muito alto.


Em casos de sintomas como dores no ouvido, sensação de surdes ou entupimento, não espere para consultar profissional dá saúde, de preferência um otorrinolaringologista.


Não esqueça que, neste caso, prevenir é o melhor remédio. Não abuse do uso de fones e seu volume.


Para ter acesso a consultas e exames com até 70% de desconto nas melhores clínicas, clique aqui e nossa equipe de especialistas entrará em contato para explicar melhor como funciona.



124 visualizações0 comentário