Hipertensão: entenda mais sobre esta condição


Você sabe o que é a hipertensão? Provavelmente, em algum momento da vida, você deve ter se deparado com este termo. A hipertensão, popularmente chamada apenas de "pressão alta", se caracteriza pela pressão arterial elevada, geralmente acima de 140x90 mmHg.


Uma das suas principais causas é quando o sangue não consegue percorrer as veias corretamente, encontrando dificuldade na circulação, fazendo com que o coração precise bater mais forte para bombear o sangue para todo o corpo.


É uma condição perigosa e preocupante, que pode desencadear danos severos. Porém, ainda assim, é uma das doenças mais comuns entre as pessoas, principalmente as de idade mais avançada e pessoas que possuem hábitos nocivos para a saúde, como má alimentação e sedentarismo. Também pode acontecer em pessoas com condições como obesidade e fatores cardíacos.



Principais sintomas


Essa é uma condição silenciosa, mas possui alguns sintomas característicos que podem indicar sua presença. Os principais são:


• Enjoo e tontura; • Dor de cabeça; • Sonolência; • Zumbido no ouvido; • Alterações na visão; • Dificuldade para respirar.


A melhor maneira de distinguir se esses sintomas indicam alteração na pressão ou não, é realizar a medição da sua pressão quando eles aparecem. Tendo isso controlado, o diagnóstico, juntamente com um médico, é facilitado e mais assertivo.


Tratamentos


Assim que diagnosticada, a hipertensão deve ser tratada e acompanhada imediatamente por um médico. O tratamento pode variar de acordo com o tipo, origem e nível da hipertensão.


Isso porque a causa da pressão alta pode ter relação direta com o tratamento adotado. Por exemplo, uma pessoa pode ter hipertensão por conta de uma outra condição, como diabetes. Neste caso o tratamento deve ser voltado ao cuidado com a condição que dá origem a pressão alta da pessoa.


Mas de modo geral, em casos onde a origem não tem relação com outras condições, algumas mudanças de hábito são necessárias para controlar a hipertensão, como alimentação saudável, prática de exercícios e cortar costumes nocivos como bebidas alcoólicas e cigarro. Se necessário, medicamentos para controlar a pressão podem ser requeridos também.



120 visualizações0 comentário