Nervo Ciático: sintomas e tratamentos


Você provavelmente já ouviu falar do nervo ciático em algum momento da sua vida. Mas você sabe o que ele é? O nervo ciático é localizado nas costas (mais precisamente na coluna), e é o maior nervo do corpo humano.


Por se tratar de um nervo longo, ele se inicia na coluna e passa por outras partes do corpo, como glúteos, coxas, se divide no joelho e vai até os pés. Por conta deste longo caminho percorrido, ele pode ser o causador de dores, pontas e formigamentos em qualquer uma dessas áreas.


Em algumas situações é possível sentir uma dor muito forte e incapacitante. Nesses casos, geralmente, o nervo se encontra inflamado ou comprimido, o que impede movimentos e trava o corpo.



Sintomas


Os sinais de problemas no nervo ciático costumam aparecer em situações onde ele se encontra lesionado, e os principais sintomas são:


• Dor profunda nas costas, irradiando ao redor da região afetada; • Piora na dor ao realizar determinados movimentos, como sentar; • Impressão de choque ou queimação nos glúteos ou pernas; • Fraqueza na perna mais afetada; • Leve formigamento na região.


Estes são sintomas que também podem indicar relação com alguma outra condição que pode afetar o nervo ciático, como hérnica de disco ou até mesmo artrose. Para descobrir a origem dos sintomas, o ideal é que se realize um raio X na coluna.


Tratamento


O tratamento, na maioria das vezes, é feito à base de remédios, como analgésicos e anti-inflamatórios, além do uso de pomadas específicas para lesões de nervos e tendões.


Também pode ser necessário um tratamento fisioterapêutico, com técnicas e massagens específicas. Nestes casos o acompanhamento médico se faz ainda mais importante. Outra prática que pode auxiliar é a prática continua de atividades físicas.



É importante que se visite um médico para diagnóstico e para que se recomende o melhor tratamento possível. Consulte um ortopedista e realize os exames necessários com preço especial. Além disso, conosco você tem convênios com fisioterapeutas para melhor tratar esta e outras condições.

126 visualizações0 comentário