5 dicas para combater o mau hálito


Você já sofreu de mau hálito? Aquele cheirinho desagradável que costuma acometer momentos como o início do dia da pessoa ou após as refeições. Esta é uma condição muito comum que atinge milhões de pessoas no nosso país.


Em alguns casos se trata de uma condição momentânea, causada por uma falha na higienização ou devido a algum alimento ingerido. Porém, para algumas pessoas, é um problema corriqueiro que derivam de outras condições.


Essa condição, além de desagradável, afeta em diversos âmbitos a vida de quem sofre com ela. Inclusive, esta pode ter ligação com diversas outras condições, que vai desde cáries e problemas gastrointestinais, até quadros de rinite/sinusite e diabetes.



Apesar disso, suas principais causas estão relacionadas, principalmente, a saúde bucal. Além dela, os tipos de alimentos consumidos também pesam par ao surgimento ou não desta condição.


Neste artigo daremos algumas dicas para combater esta condição que incomoda tantas pessoas.


Consuma mais vegetais e frutas


O consumo de mais frutas e vegetais auxilia na redução da halitose. Tanto por serem alimentos leves e por sua textura natural, esses alimentos servem como uma limpeza e manutenção dos dentes, tal como o fio dental.


Beba água


Pouca produção de saliva pode influenciar no aumento da halitose. A partir disso, o consumo de água deve ser recorrente durante o dia a dia para que as chances do mau hálito pelo acúmulo de saliva seja reduzido.


Não fique muito tempo sem comer


Ao ficar muito tempo de jejum, o sistema digestivo começa e emitir gases e ácidos. Estes acabam por gerar o odor desagradável da halitose.


Capriche na higiene bucal


O principal é sempre manter a escovação em dia e não deixe de usar o fio dental. Contra a halitose em si, o uso de flúor e enxaguantes bucais podem auxiliar.



Por fim, mantenha o acompanhamento odontológica


Essas dicas podem, além de combater o mau hálito, lhe ajudar a manter sua saúde bucal em dia. Mas outra medida importante é visitar um dentista regularmente. Caso queira ter acesso a saúde com até 70% de desconto, clique aqui.

49 visualizações0 comentário